Entenda as vantagens da injeção eletrônica e saiba como deve ser utilizada

Passo a passo: teste de sistema de injeção eletrônica

Entenda as vantagens da injeção eletrônica e saiba como deve ser utilizada

Ter um carro é o sonho de muitas pessoas, principalmente dos jovens que completam 18 anos e tiram a carteira. Mas, muitas vezes a emoção acaba fazendo com que o motorista se esqueça de realizar os procedimentos básicos para garantir a maior durabilidade do seu Fiat Palio e que não ocasione problemas na estrada ou na cidade.

Com o passar dos anos o setor automobilístico foi crescendo e adquirindo novas tecnologias, que hoje fazem parte do dia a dia dos profissionais que atuam na área em oficinas ou concessionárias. Mas, não é só para as empresas que elas trouxeram uma série de benefícios, os motoristas também sentiram essa mudança no mercado de veículos.

A injeção eletrônica ainda é uma ferramenta nova no setor de automóveis, mas que, com certeza, chegou para facilitar muito a vida dos motoristas. Apesar de ser uma tecnologia cada vez mais utilizada pelas montadoras, algumas pessoas ainda tem dúvidas sobre como ela pode ajudar no desempenho do seu carro e quais vantagens que ele proporciona. Continue lendo o artigo e entenda o que é injeção eletrônica e como ela funciona.

O que é injeção eletrônica?

Antes de realizar a injeção eletrônica é necessário entender como ela funciona e como deve ser utilizada. Por isso, separamos algumas dicas que vão ajudar a melhorar o rendimento do motor do seu carro. Sim, ele tem como objetivo principal deixar o motor mais econômico e, consequentemente, aumentar o desempenho.

Mas para que isso seja possível é preciso que seja injetada uma combinação ideal de ar e combustível em todas as faixas de rotação. Assim, é permitido ter mais controle da marcha lenta, do tempo de ignição e do comando das válvulas. Lembrando, que esse procedimento deve ser realizado com muita segurança e atenção para evitar que ele possa trazer problemas inesperados para o carro.

Quais são as vantagens?

Conhecer as vantagens da injeção eletrônica é muito importante, pois assim será mais fácil entender como ele pode melhorar a rotina do dia a dia do seu carro, seja para ir trabalhar ou para pegar seu Chevrolet Onix e viajar com a família no final de semana. Algumas das principais são:

  • Economia de combustível;
  • Eliminação;
  • Redução da emissão de gases;
  • Controle do ponto de ignição;
  • Controle da marcha lenta.

Todas essas vantagens que foram citadas devem ser levadas em consideração no momento de escolher o modelo de carro que será comprado, qualquer detalhe pode mudar o desempenho. É indicado que seja consultado um profissional experiente e que entenda sobre a injeção eletrônica, também é valido perguntar para familiares e conhecidos que já realizaram o teste, pois assim será mais fácil identificar como proceder e o que não é indicado que seja realizado no seu veículo. Consultar o manual do carro pode ajudar muito no procedimento, basta ler com atenção e não deixar nenhum detalhe passar despercebido. Continue lendo e entenda o passo a passo do teste de injeção eletrônica.

Passo a passo para o teste de injeção eletrônica

Entender e dominar as habilidades da injeção eletrônica é muito importante para os profissionais da área. Confira a seguir o passo a passo de como deve ser realizado o teste:

Em primeiro lugar é necessário verificar os sintomas apresentados, uma vez que qualquer problema que interfere na injeção eletrônica pode afetar o funcionamento do carro. Entre os principais estragos que ele pode causar encontra-se perda de potência, aceleração irregular e aumento considerável de combustível, além da liberação constante de poluentes. Orientar os motoristas sempre é a melhor opção, é importante que seja sempre destacada a importância da verificação quando a luz da injeção eletrônica acender no painel já que isso pode evitar problemas futuros.

Em segundo lugar, é preciso separar as ferramentas que serão utilizadas, deixando o local organizado para realizar o serviço. Existem algumas ferramentas que não podem faltar, o scanner, o multímetro, osciloscópio e manômetro. É importante ressaltar que cada uma possui seu papel durante o serviço. O scanner vai ser peça fundamental para o concerto de sistemas de injeção eletrônica, passando o diagnóstico completo.

Em terceiro lugar deve ser feito o teste dos sensores do sistema de injeção eletrônica. Eles estão localizados em diversos pontos do motor e são responsáveis por analisar o seu funcionamento, sempre de forma detalhada. Essa informação é enviada para o módulo de controle, sendo o principal ponto de partida para o funcionamento adequado do sistema. Para realizar o teste é necessário que seja retirado o sensor e verificado se existe continuidade da corrente elétrica nos fios, isso pode ser feito com um multímetro;

Em quarto lugar é preciso que seja feito o teste dos atuadores, eles recebem as informações do módulo de controle e são responsáveis pela alimentação e queima do combustível no motor. O teste deve ser realizado seguindo a mesma logica que o do sensor, fazendo a verificação adequada da continuidade e da resistência do componente.

Por último, mas não menos importante, deve ser feito o teste da umidade de controle. É considerado por vários especialistas da área o cérebro da injeção eletrônica, uma vez que é responsável pelo controle dos demais componentes do sistema. Esta etapa do teste somente é realizada com um scanner, já que é com ele que podem ser verificados os dados de funcionamento e aonde os reparos devem ser feitos.

É indispensável à atualização constante dos profissionais que trabalham com está área, pois todos os anos os procedimentos podem sofrer alterações. É fundamental utilizar equipamentos e ferramentas de alta qualidade e desempenho, já que tudo isso influencia no resultado final dos testes seja em carros mais antigos ou em modelos mais modernos como é o caso do Prisma novo.

Este artigo ajudou a esclarecer todas suas dúvidas sobre injeção eletrônica? Então, continue acompanhando nossas postagens e entenda como as novas tecnologias estão mudando o mercado automobilístico. Compartilhe nosso texto em suas redes sociais para que mais pessoas saibam como funciona a injeção eletrônica de um carro!

Deixe um comentário